January 7, 2018 / 3:46 PM / 8 months ago

Coalizão entre esquerda e direita é possível na Itália, diz ministro a jornal

MILÃO (Reuters) - Uma coalizão entre os principais partidos de esquerda e direita da Itália não pode ser descartada caso nenhum ganhador claro surja das eleições gerais que se aproximam, disse o ministro da Economia do país neste domingo.

A Itália votará em 4 de março em uma eleição que deverá produzir um parlamento sem vencedor claro, alimentando instabilidade em um país tornado vulnerável pela terceira maior dívida pública do mundo e fraco potencial de crescimento.

Em uma entrevista ao jornal Corriere della Sera neste domingo, Pier Carlo Padoan disse esperar que nenhum dos três grandes partidos —o de esquerda Partito Democratico (PD), o de direita Forza Italia (FI) e o anti-establishment 5-Star Movement— consiga governar sozinho.

Enquanto o de centro-direita deverá ganhar o maior número de assentos em março, pesquisas de opinião sugerem que não ganhará a maioria absoluta.

Questionado se os partidos PD e FI poderiam formar um governo, Padoan disse: “Em um contexto de alta incerteza, nada pode ser descartado”.

“Tal incerteza já está sendo percebida. Mercados financeiros estão bastante nervosos, ao que me parece.”

Partidos de esquerda e direita já se apoiaram no poder anteriormente.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below