January 11, 2018 / 3:53 PM / 8 days ago

Prefeitura do Rio busca reforço de tropas federais para segurança no Carnaval

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Prefeitura do Rio de Janeiro quer reforçar a segurança da cidade durante o Carnaval com tropas federais e mais de 3 mil agentes privados para garantir a tranquilidade de 6 milhões de foliões, sendo 1,5 milhão de turistas estrangeiros esperados para as festividades.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, e o presidente da Riotur, empresa de turismo da cidade, Marcelo Alves, disseram nesta quinta-feira que a prefeitura já solicitou ao governo federal a ajuda das tropas para os dias de folia, em fevereiro.

“Quando você reúne mais de 6 milhões de pessoas numa festa é mais do que necessário o apoio federal”, disse o presidente da Riotur, Marcelo Alves, a repórteres.

”Já foi oficializado, e o governo está apto a nos ajudar a oferecer mais segurança... Queremos policiamento ostensivo. Em breve teremos um resposta, e o governo federal sempre esteve conosco nos grandes pedidos e as tropas vão dar apoio”, acrescentou.

Oficialmente, o pedido de apoio de tropas federais tem que ser encaminhado pelo governo do Estado, e não pela prefeitura. Uma fonte do governo estadual disse, no entanto, que “não estava sabendo de nada” sobre a solicitação de reforço na segurança, e que “a prefeitura até agora não falou com o Estado” sobre essa necessidade.

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, vai se reunir na sexta-feira com os ministros da Defesa, Raul Jungman, da Justiça, Torquato Jardim, e da Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, para tratar da atuação das Forças Armadas no Rio, e a questão do reforço no Carnaval pode entrar na pauta.

A atuação das Forças Armadas no Estado em apoio às forças de segurança locais já está prevista até o fim do ano, mas um protocolo de atuação ainda está em fase de elaboração.

As tropas federais, entre elas a Força Nacional de Segurança e as Forças Armadas, foram usadas inúmeras vezes no Rio de Janeiro nos últimos anos, em especial durante os grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

Além disso, as tropas também foram mobilizadas para apoiar as forças locais na proteção a tentativas de invasão de manifestantes na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) e em ações de apoio durante intervenções em favelas para prender criminosos.

A estimativa da prefeitura é que o Carnaval de 2018 atraia cerca de 6 milhões de foliões ao Rio, sendo 1,5 milhão de turistas estrangeiros. A previsão é que a festa movimente 3,5 bilhões de reais.

Paralelamente ao pedido de apoio das tropas federais, a prefeitura vai fazer uma licitação para contratar para o Carnaval deste ano aproximadamente 3.400 agentes privados que vão atuar nas ruas da cidade e na Arena do Carnaval, na Barra da Tijuca, onde vai haver apresentação de blocos.

“Será uma ação complementar à Guarda Municipal e à Polícia Militar para nós gerarmos a necessária percepção de segurança nos locais dos grandes acontecimentos”, afirmou Alves, da Riotur, sobre os agentes privados de segurança.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below