January 20, 2018 / 2:44 PM / 5 months ago

Erdogan diz que operação militar em Afrin começou

ISTAMBUL (Reuters) - O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, disse neste sábado que uma operação militar na região síria de Afrin, controlada pelos curdos, foi iniciada com um bombardeio além da fronteira pelo Exército turco.

    Os militares da Turquia anunciaram que os ataques atingiram abrigos e esconderijos e três grupos militantes: PKK (Partido dos Trabalhadores Curdos), PYD e YPG, depois de os militantes terem disparado contra tropas localizadas em território turco.

    “Vamos destruir o corredor do terror gradualmente, como fizemos nas operações em Jarabulus e El-bab, começando do Oeste. A operação em Afrin começou de fato. Em seguida, será em Manbij”, disse Erdogan.

    O presidente tem repetido que derrotará a milícia curda em Afrin, que ele vê como uma ameaça à Turquia.

    A ação militar direta contra territórios controlados por milícias curdas abre um novo fronte da guerra civil na Síria. Os curdos são aliados dos Estados Unidos, e as relações entre Ancara e Washington estão estremecidas.

    O Departamento de Estado norte-americano pediu que a Turquia se concentre em combater os militantes do Estado Islâmico, descrevendo a ação do Exército turco em Afrin como desestabilizadora.    O ministro turco da Defesa, Nurettin Canikli, disse na sexta-feira que a operação turca na região começou com ataques além da fronteira, mas que tropas não invadiram a cidade.

Por Ezgi Erkoyun

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below