February 7, 2018 / 9:25 AM / 3 months ago

Conservadores e sociais-democratas fecham acordo de coalizão na Alemanha

BERLIM (Reuters) - Os conservadores da chanceler alemã, Angela Merkel, e o Partido Social-Democrata (SPD) chegaram a um acordo formal de coalizão nesta quarta-feira.

Chanceler alemã, Angela Merkel, e líder do Partido Social-Democrata (SPD), Martin Schulz, durante coletiva de imprensa, em Berlim 12/01/2018 REUTERS/Hannibal Hanschke

Importantes negociadores sociais-democratas disseram em mensagem publicada nas redes sociais que chegaram ao acordo, junto com uma foto do líder do SPD, Martin Schulz, sorrindo com negociadores do partido.

“Cansados, mas felizes. Há um acordo! Finalmente. Agora, os detalhes finais estão sendo colocados em texto. Depois, os 35 negociadores do SPD irão avaliá-lo.”

O acordo deixa a Alemanha um passo mais perto de um novo governo depois de mais de quatro meses de uma incerteza política que tem enfraquecido o papel do país em assuntos internacionais e levantado dúvidas sobre a permanência de Merkel no cargo de chanceler.

Entretanto, qualquer acordo ainda precisaria ser aprovado pelos 464 mil membros do SPD por meio de uma votação por correspondência, antes que o partido possa avançar e aderir a uma nova coalizão com Merkel, após servir como seu aliado desde 2013.

Reportagem de Paul Carrel

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below