February 7, 2018 / 11:50 AM / in 6 months

Pence diz que EUA anunciarão novas sanções rígidas contra Coreia do Norte em breve

TÓQUIO (Reuters) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse nesta quarta-feira que Washington anunciará em breve novas sanções rígidas para persuadir a Coreia do Norte a desistir de seus programas nuclear e de mísseis, classificando-a como “o regime mais tirânico e opressivo” do planeta.

Vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, durante pronunciamento em Tóquio, no Japão 07/02/2018 REUTERS/ Kiyoshi Ota

Falando em Tóquio antes de comparecer à Olimpíada de Inverno na Coreia do Sul, Pence prometeu que os EUA e seus aliados, inclusive o Japão, manterão o máximo de pressão sobre Pyongyang até que esta adote medidas para uma “desnuclearização completa, verificável e irreversível”.

“Com este fim, estou anunciando hoje que os Estados Unidos da América revelarão em breve a rodada de sanções econômicas mais duras e agressivas da história contra a Coreia do Norte. E continuaremos a isolar a Coreia do Norte até que ela abandone seu programa nuclear e de mísseis balísticos de uma vez por todas”, disse Pence após uma reunião com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Após conversas que ressaltaram a aliança de segurança EUA-Japão, Abe disse que os dois concordaram que “jamais poderiam aceitar uma Coreia do Norte com armas nucleares”. Pence reiterou a postura de Washington de que “todas as opções estão na mesa” para lidar com Pyongyang.

A viagem de Pence à Coreia do Sul coincidirá com uma visita aos Jogos do líder do cerimonial olímpico norte-coreano, Kim Yong Nam, o funcionário mais graduado de seu país a entrar no vizinho do sul desde a Guerra da Coreia de 1950-53, que terminou em uma trégua.

O vice-presidente norte-americano não chegou a descartar a possibilidade de se encontrar com autoridades de alto escalão norte-coreanas, mas o presidente Donald Trump pôs em dúvida negociações dos EUA com Pyongyang no futuro próximo. A Casa Branca também alertou para que não se tirem muitas conclusões sobre os comentários feitos por Pence a caminho do Japão.

Pence pediu que não se permita que a Coreia do Norte, que enviou uma equipe aos Jogos, use a Olimpíada para fazer propaganda.

“Não permitiremos que a Coreia do Norte esconda atrás da bandeira olímpica a realidade de que eles escravizam o povo e ameaçam a região como um todo”.

Pence levará o pai de Otto Warmbier, estudante norte-americano que morreu em junho do ano passado depois de ficar preso na Coreia do Norte durante 17 meses, como seu convidado para a cerimônia de abertura de sexta-feira.

Reportagem adicional de Kaori Kaneko

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below