March 18, 2018 / 2:02 PM / 7 months ago

Putin está a caminho de ampla vitória nas eleições presidenciais

UST-DJEGUTA, Rússia (Reuters) - Os russos começaram a votar em uma eleição presidencial no domingo para dar a Vladimir Putin uma vitória que só poderá ser maculada se um grande número de eleitores não se incomodar em participar porque o resultado é tão previsível.

Na margem oriental da Rússia, na cidade da costa do Pacífico de Petropavlovsk-Kamchatsky, os locais de votação foram abertos às 20h (horário de Greenwich) e as votações em todo o vasto país serão realizadas até todas as seções sejam fechadas no ponto mais ocidental, a região de Kaliningrado, 22 horas depois.

As pesquisas de opinião dão ao atual presidente Putin, o apoio de cerca de 70 por cento, ou quase 10 vezes o apoio de seu rival mais próximo. Outro mandato o levará a quase um quarto de século no poder - um dos períodos mais longos no poder entre os líderes do Kremlin, atrás apenas o ditador soviético Josef Stalin.

Muitos eleitores acreditam que Putin, um ex-espião da KGB de 65 anos, defende os interesses da Rússia em um mundo externo hostil, embora o custo seja um confronto com o Ocidente.

Uma disputa com a Grã-Bretanha sobre as alegações de que o Kremlin usou um agente neurotóxico para envenenar um ex-agente duplo russo em uma cidade inglesa, o que foi negado por Moscou - não abalou sua posição.

A maioria dos eleitores não vê uma alternativa viável a Putin: ele tem o domínio total do cenário político e da televisão estatal, fonte de informações para a maioria das pessoas e que faz uma cobertura generosa de Putin e dá pouco tempo para seus rivais.

“Ele (Putin) é o nosso presidente. Estamos orgulhosos dele”, disse Marianna Shanina, residente da região da Crimeia. A Rússia anexou Crimeia, que fazia parte da Ucrânia há quatro anos, ampliando a admiração a Putin por muitos russos e a condenação do Ocidente.

“Desejamos-lhe vitória nas eleições. Toda a nossa família votará em Putin. Putin! Boa saúde para você, amado presidente!”, disse Shanina em uma manifestação pró-governo.

Eleições

Uma pesquisa de 9 de março do instituto estatal VTsIOM deu a Putin, que foi eleito presidente em 2000, 69% das intenções de voto. Seu rival mais próximo, Pavel Grudinin, candidato do Partido Comunista, está em apenas 7 por cento.

O primeiro político em anos a desafiar o controle do poder do Kremlin, Alexei Navalny, foi impedido de disputar devido a uma condenação por corrupção, que ele diz ter sido fabricada pelo Kremlin.

Ele pede um boicote às eleições, dizendo que é uma farsa antidemocrática, e mobiliza simpatizantes para colecionar provas de tentativas de manipulação para inflar a participação e o apoio a Putin. O Kremlin e funcionários do sistema eleitoral dizem que qualquer fraude será eliminada.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below