March 26, 2018 / 11:25 AM / 7 months ago

Ex-presidente catalão Puigdemont comparecerá a tribunal alemão após protestos em Barcelona

MADRI/BERLIM (Reuters) - O ex-presidente da região espanhola da Catalunha Carles Puigdemont deve comparecer a um tribunal alemão nesta segunda-feira, à medida que Madri busca sua extradição em decorrência do movimento de independência catalão, depois de uma noite de protestos na Espanha que deixou dezenas de feridos em confrontos com a polícia.

Protesto contra a prisão do ex-presidente catalão Carles Puigdemont em Barcelona 25/03/2018 REUTERS/Albert Gea

Puigdemont foi detido no Estado alemão de Schleswig-Holstein no domingo, cinco meses depois de iniciar um exílio autoimposto fora da Espanha, onde enfrenta acusações de insubordinação, rebelião e fraude que podem levar a uma pena de até 25 anos de prisão.

Puigdemont entrou na Alemanha através da Dinamarca depois de deixar a Finlândia na sexta-feira, onde havia participado de uma conferência.

Em Barcelona, uma manifestação de dezenas de milhares de catalães contra a prisão do ex-presidente se transformou em confrontos na noite de domingo.

Do lado de fora do prédio do governo central na capital catalã, agentes da polícia de choque bateram em manifestantes com cassetetes, deixando diversas pessoas com sangue escorrendo pelo rosto. Três manifestantes foram presos e 50 sofreram pequenas lesões, informou a polícia.

Reportagem de Angus Berwick e Emma Pinedo, em Madri; e Michael Nienaber, em Berlim

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below