March 27, 2018 / 11:13 AM / 3 months ago

Zuckerberg não irá responder perguntas de parlamentares britânicos sobre escândalo de dados do Facebook

LONDRES (Reuters) - O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, não irá responder perguntas de parlamentares britânicos sobre como milhões de dados de usuários chegaram às mãos da empresa de consultoria política Cambridge Analytica, à medida que a companhia enfrenta crescente pressão tanto na Europa como nos Estados Unidos.

Fundador e presidente do Facebook, Mark Zuckerberg 18/04/2017 REUTERS/Stephen Lam

Zuckerberg irá, ao invés disso, enviar seu diretor de tecnologia, Mike Schroepfer, ou seu diretor de produto, Chris Cox, para comparecer à Comissão Digital, de Cultura, Mídia e Esporte do Parlamento britânico.

Em resposta, o presidente do conselho da comissão parlamentar disse nesta terça-feira que parlamentares ainda querem conversar com Zuckerberg e que irão analisar se conseguem organizar uma sessão pessoalmente ou por vídeo.

Na semana passada, Zuckerberg pediu desculpas pelos erros que o Facebook cometeu e prometeu impor padrões mais rígidos para restringir o acesso de desenvolvedores a informações do tipo.

O escândalo levou o preço das ações da companhia a despencar e desencadearam novas questões por parte de políticos e reguladores sobre a confiabilidade do Facebook.

Reportagem de Eric Auchard e Costas Pitas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below