March 27, 2018 / 11:27 AM / in 5 months

BC discutiu ter mais tempo para avaliar economia antes de indicar fim de corte do juro, mostra ata do Copom

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central chegou a discutir a necessidade de mais tempo para avaliar o comportamento da economia antes de sinalizar o provável fim do ciclo de afrouxamento monetário após novo corte na Selic em maio, mostrou ata do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta terça-feira.

Sede do Banco Central, em Brasília 16/05/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

“Alguns membros manifestaram preferência por indicar que deverá ser necessário aguardar algumas reuniões do Copom até que se acumule informação suficiente para avaliar o comportamento da economia. Outros argumentaram não ver necessidade de se comprometer com essa sinalização”, trouxe a ata, acrescentando que ao fim todos concordaram em sinalizar o fim do ciclo de cortes após maio.

Na semana passada, o BC cortou a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual, levando-a à nova mínima histórica de 6,5 por cento ao ano, e indicou que fará mais uma redução da Selic em maio, em meio ao cenário de inflação baixa e retomada ainda incipiente da economia.

Na ata, o BC reafirmou que um “estímulo monetário adicional mitigaria” risco de a inflação não convergir à meta oficial.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below