April 15, 2018 / 3:12 PM / 4 months ago

Panamá estuda construir ferrovia até Costa Rica em parceria com a China

LIMA (Reuters) - O Panamá está considerando construir em conjunto com a China uma linha de trem de passageiros até a Costa Rica, um projeto que exigirá um investimento inicial de 5 bilhões de dólares, disse o presidente do Panamá à Reuters, em um sinal de que o interesse do país asiático na América Latina está aumentando.

O presidente Juan Carlos Varela disse que o Panamá está promovendo investimentos em infraestrutura no geral e também licitará uma terceira linha de metrô, com expectativa de que serão necessários 4 bilhões de dólares em investimentos.

A China tem se envolvido mais na América Latina, com os Estados Unidos, sob o governo do presidente Donald Trump, adotando uma abordagem mais protecionista em relação ao comércio.

“Estamos fazendo com a China um estudo de viabilidade de uma ferrovia de 450 quilômetros entre o Panamá e a fronteira com a Costa Rica”, disse Varela, nos intervalo da Cúpula das Américas, em Lima, na noite de sexta-feira.

Varela também disse que espera que uma mina de cobre avaliada em 6 bilhões de dólares, que está sendo construída pela australiana First Quantum Minerals comece a produzir ano que vem, acrescentando 2,5 por cento ao PIB do Panamá.

Referindo-se à disputa comercial entre China e Estados Unidos, Varela disse que se qualquer país quiser negociar acordos comerciais, deveria fazê-lo sem gerar conflitos. O Panamá recebe investimentos de todos os países, afirmou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below