April 20, 2018 / 3:33 PM / 2 months ago

Partido Democrata entra com ação contra Rússia e campanha de Trump por suposta interferência na eleição de 2016

WASHINGTON (Reuters) - O Partido Democrata dos Estados Unidos ingressou com uma ação judicial contra a Rússia, a campanha do presidente norte-americano, Donald Trump, e o WikiLeaks, nesta sexta-feira, em que os acusa de conspirar para interferir na campanha para a eleição presidencial de 2016, mostram documentos judiciais.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Casa Branca, em Washington, D.C. 25/03/2018 REUTERS/Yuri Gripas

O partido alega na ação impetrada junto a um tribunal federal de Manhattan que autoridades da campanha de Trump conspiraram com o governo russo e a agência militar de espionagem da Rússia para prejudicar a candidata presidencial democrata, Hillary Clinton, e favorecer Trump na eleição por meio de ataques hackers a computadores do Partido Democrata, de acordo com os documentos.

Reportagem de David Alexander

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below