June 15, 2018 / 11:35 AM / 3 months ago

Sob peso de alimentos, IGP-10 acelera alta a 1,86% em junho, diz FGV

SÃO PAULO (Reuters) - Os preços dos alimentos tanto no atacado quanto no varejo subiram em junho e o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) acelerou a alta a 1,86 por cento em junho, ante 1,11 por cento no mês anterior, em um reflexo ainda do desabastecimento provocado pela greve dos caminhoneiros.

Consumidora passa por mercado no Rio de Janeiro 09/12/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

O resultado informado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters com economistas de alta de 1,76 por cento no mês.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, subiu 2,50 por cento no período, contra 1,55 por cento em maio.

Os dados do IPA mostraram que os preços dos Bens Finais passaram a subir no período 1,80 por cento, de 0,04 por cento no mês anterior, pressionado principalmente pelo aumento de 3,50 por cento nos preços dos alimentos in natura.

Já o Índice de Preços ao Consumidor-10 (IPC-10), que responde por 30 por cento do índice geral, registrou maior pressão ao subir 0,74 por cento em maio, depois de alta de 0,26 por cento em abril.

O destaque para o resultado ficou para o avanço de 0,98 por cento do grupo Alimentação, sobre 0,10 por cento em maio, com avanço de 11,74 por cento em hortaliças e legumes.

O Índice Nacional de Custo da Construção-10 (INCC-10) avançou 0,36 por cento em junho, de 0,34 por cento em maio antes.

A greve dos caminhoneiros durou mais de 10 dias no final de maio e afetou o abastecimento de combustíveis e alimentos em todo o país, além de outros insumos, impactando os preços.

O IGP-10 calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Veja as variações do IGP-10:

Maio Junho

IGP-10 +1,11 +1,86

IPA +1,55 +2,50

.Estágios

..Bens Finais +0,04 +1,80

..Bens Intermediários +2,51 +2,84

..Matérias Primas Brutas +2,24 +2,94

.Origem

..Produtos Agropecuários +1,05 +2,78

..Produtos Industriais +1,72 +2,41

IPC +0,26 +0,74

.Alimentação +0,10 +0,98

.Habitação +0,25 +1,04

.Vestuário +0,30 +0,58

.Saúde e Cuidados Pessoais +1,08 +0,55

.Educação, Leitura e Recreação +0,01 -0,30

.Transportes +0,08 +0,89

.Despesas Diversas +0,04 +0,11

.Comunicação +0,14 +0,22

INCC +0,34 +0,36

.Materiais, Equipamentos e +0,45 +0,33

Serviços

.Mão de Obra +0,26 +0,38

Por Camila Moreira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below