June 15, 2018 / 3:20 PM / in 5 months

Cristiano Ronaldo fecha acordo com autoridades tributárias da Espanha, diz jornal

Cristiano Ronaldo em treino de Portugal em Sochi 14/06/2018 REUTERS/Lucy Nicholson

MADRI (Reuters) - O atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, chegou a um acordo com autoridades tributárias da Espanha em que aceitou uma pena de 2 anos de prisão e multa de 18,8 milhões de euros em processo por evasão fiscal, afirmou o jornal espanhol El Mundo nesta sexta-feira.

É improvável que Ronaldo seja preso com esse acordo, já que condenações de menos de 2 anos para primeiras infrações podem ser cumpridas em liberdade, de acordo com a lei espanhola.

O jogador português de 33 anos, acusado de sonegar 14,7 milhões de euros em impostos, tem negado todas as acusações por meio de representantes.

Ronaldo jogará por Portugal nesta sexta-feira em partida da Copa do Mundo contra a Espanha.

A agência do jogador, Gestifute, não estava disponível de imediato para comentar, e a agência tributária da Espanha se recusou a comentar.

Recentemente, tribunais espanhóis têm combatido rigorosamente a sonegação de impostos por importantes atletas.

Lionel Messi, do Barcelona, foi condenado a 21 meses de prisão em 2017 por acusações semelhantes, mas conseguiu comutar a pena por uma multa.

Entre 2005 e 2010, jogadores estrangeiros na Espanha eram protegidos sob a chamada “Lei Beckham” que os permitia reduzir os impostos. Mas, com o aprofundamento da crise financeira, a isenção foi suspensa, abrindo caminho para os processos.

Reportagem de Paul Day e Emma Pinedo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below