July 1, 2018 / 2:30 PM / 5 months ago

Confronto entre França e Uruguai é familiar para Griezmann

ISTRA, Rússia (Reuters) - O confronto de quartas de final da Copa do Mundo contra o Uruguai será familiar para o meia-atacante francês Antoine Griezmann, que em seus 13 anos na Espanha desenvolveu fortes laços com o país sul-americano.

Griezmann chuta para marcar gol de pênalti contra a Argentina 30/6/2018 REUTERS/Dylan Martinez

O jogador do Atlético de Madri começou sua carreira no futebol na base do Real Sociedad em 2005 e subiu para o profissional em 2009, antes de se transferir para o Atlético em 2014.

Nos dois clubes, ele atuou com jogadores uruguaios, principalmente Carlos Bueno, na Real Sociedad, e Diego Godín, padrinho de suas filhas, no Atlético.

“(Godín) é um grande amigo, eu sempre saio com ele. Vai ser um jogo muito emocionante para mim”, disse Griezmann, que marcou gols em dois pênaltis nesta Copa do Mundo, em entrevista coletiva no dia seguinte à vitória dos Les Bleus contra a Argentina por 4 x 3.

Na Real Sociedad, o técnico uruguaio Martin Lasarte destacou seu talento e o colocou direto no time principal ao lado de Carlos Bueno.

Bueno, 11 anos mais velho que Griezmann, era o protetor do jovem atacante, e a dupla formou uma parceria impressionante, que levou o clube de volta à primeira divisão espanhola.

“Ele me levou debaixo de suas asas e me ensinou a beber chimarrão”, disse Griezmann, que é visto frequentemente segurando um frasco do chá amargo amado por argentinos e uruguaios.

A relação com uruguaios continuou quando ele foi para o Atlético, onde o preparador físico, Oscar Ortega, também é do Uruguai, e onde conheceu Gimenez, Godín e também Cristian Rodríguez, que saiu em 2015.

Quando o Uruguai selou a classificação para a Copa do Mundo em outubro do ano passado, Griezmann vestiu uma camisa do Uruguai e foi ao aeroporto de Madri para cumprimentar os dois defensores quando eles voltaram. Ele também frequentemente declara seu apoio ao Uruguai em postagens na mídia social quando o time sul-americano está em ação.

Griezmann também foi nomeado membro honorário do Peñarol, um dos maiores clubes do Uruguai e onde Rodríguez joga.

A amizade, no entanto, contará pouco quando a França enfrentar o Uruguai por uma vaga nas semifinais.

“Gimenez e Godín sabem tudo sobre mim e eu sei tudo sobre eles”, disse o francês. “Nós vamos ter que nos concentrar em cada pequeno detalhe.”

Reportagem de Julien Pretot e Richard Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below