July 30, 2018 / 11:36 AM / 4 months ago

Arcebispo australiano acusado de acobertar casos de abuso sexual renuncia, diz Vaticano

Arcebispo australiano Philip Wilson 19/06/2018 AAP/Darren Pateman/via Reuters

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O arcebispo australiano Philip Wilson, o mais alto clérigo católico do mundo a ser considerado culpado de acobertar casos de abuso sexual infantil na Igreja Católica, renunciou ao cargo, informou o Vaticano nesta segunda-feira.

O Vaticano disse que o papa Francisco aceitou a renúncia.

Wilson, de 67 anos, foi condenado em maio por não comunicar à polícia abusos cometidos pelo padre James Fletcher depois de ter sido informado em 1976 por duas vítimas, uma delas um coroinha que o contou dentro de um confessionário.

Reportagem de Philip Pullella

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below