August 15, 2018 / 12:44 PM / 3 months ago

PF combate sonegação em distribuidoras de combustíveis em SP; vê prejuízo de R$5 bi

Carro da Polícia Federal, no Rio de Janeiro 05/09/2017 REUTERS/Sergio Moraes

(Reuters) - A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira nova etapa de uma investigação que apura suspeita dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo um esquema de fraude e sonegação fiscal em distribuidoras de combustíveis na região de Campinas (SP), informou a PF em comunicado.

A Justiça Federal de Campinas expediu seis mandados de prisão e cinco de busca e aprenssão, em um desdobramento de investigação iniciada no ano passado que descobriu esquema envolvendo corrupção de um agente público, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, que incialmente não haviam sido detectados, acrescentou a PF.

“Levantamentos feitos na investigação apontaram um prejuízo de 5 bilhões de reais em impostos sonegados e multas que deixaram de ser pagas pelos investigados e suas empresas, conforme créditos tributários constituídos definitivamente em tributos federais e estaduais”, disse a PF em nota, sem identificar os alvos da chamada operação Rosa dos Ventos.

A primeira fase da operação, deflagrada em agosto do ano passado, foi realizada após fiscalização da Receita Federal constatar sonegação fiscal em uma distribuidora de combustíveis de Paulínia (SP).

Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below