December 15, 2018 / 2:23 PM / 2 months ago

Negociação da ONU sobre clima estoura prazo, mas acordo está próximo

KATOWICE, Polônia (Reuters) - As negociações na Conferência do Clima das Organização das Nações Unidas (ONU) sobre regulamentação do Acordo de Paris de 2015 se estenderam neste sábado por um dia a mais do que o previsto, depois de representantes dos países se esforçarem durante a noite para superar as últimas disputas políticas.

A plenária de encerramento do encontro, quando os países ainda podem se opor caso ainda persistam trechos em disputa no texto final, tem sido adiada sucessivamente – um sinal de que a diplomacia continua a atuar.

Alguns negociadores exaustos foram vistos deixando o local da conferência, em Katowice, na Polônia, nas primeiras horas deste sábado para descansar um pouco. Alguns representantes trabalharam por toda a noite para tentar aplainar as diferenças.

Apesar disso, o comissário europeu para o clima, Miguel Arias Cañete, mostrou-se otimista.

“As conversas do clima da ONU vão além do prazo. Última versão da minuta de acordo acaba de sair... Um acordo para operacionalizar o Acordo de Paris está ao alcance”, disse ele.

Os pontos de disputa mais recentes têm se dado em torno da dimensão nos cortes das emissões de países desenvolvidos, que países em condições climáticas mais vulneráveis tentam aumentar.

Outro ponto de dificuldade tem sido as regras de contabilização em futuros mecanismos de mercado de carbono. Um negociador de alto nível do Brasil ainda se mostrou preocupado com regras que evitem a dupla contagem no corte de emissões.

“Ainda há uma série de possíveis resultados, e o Brasil continua a trabalhar construtivamente com outras comitivas para encontrar um caminho a ser trabalhado”, disse à Reuters o embaixador José Antonio Marcondes, sub-secretário-geral de Meio Ambiente do Itamaraty.

Os países se auto impuseram um prazo final para chegar a um normativo que forneça detalhes sobre a aplicação do Acordo de Paris, que entra em vigor em 2020 e cujo objetivo é limitar em o aumento temperatura global em 2 graus Celsius.

As negociações em Katowice ocorrem há duas semanas e estão marcadas para terminar em 14 de dezembro, mas têm sido obscurecidas por divisões políticas.

Um ponto de disputa tem sido o aumento na ajuda financeira para adaptação climática de países mais pobres. Um auxílio de 100 bilhões de dólares por ano até 2020 já está acordado, mas países em desenvolvimento querem mais.

A minuta mais recente da declaração final da Conferência diz que deliberações terão início em 2020 para elevar a cifra.

Por Nina Chestney, Agnieszka Barteczko e Bate Felix

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below