November 29, 2019 / 7:56 PM / 10 days ago

Polícia mata homem munido de faca na London Bridge após ataque

LONDRES (Reuters) - A polícia britânica matou a tiros nesta sexta-feira um homem munido de uma faca que usava um colete de explosivos falso e que esfaqueou várias pessoas, descrevendo o ataque no centro de Londres como um incidente terrorista.

Policiais com cães farejadores caminham no centro de Londres próximo do local do incidente na London Bridge 29/11/2019 REUTERS/Peter Nicholls

A polícia foi alertada a respeito de um esfaqueamento pouco antes das 14h (horário local) em um local próximo London Bridge, cenário de um ataque mortal de militantes islâmicos dois anos atrás.

Meia dúzia de transeuntes derrubou o suspeito no chão e agarrou sua faca. Um vídeo publicado no Twitter mostra policiais afastando um homem do suspeito à força e em seguida um policial fazendo mira cuidadosamente. Ouvem-se dois tiros e o suspeito para de se mexer.

“Um suspeito do sexo masculino foi baleado por agentes armados especializados da polícia da cidade de Londres, e posso confirmar que este suspeito morreu no local”, disse Neil Basu, principal autoridade de contraterrorismo do Reino Unido, aos repórteres.

“Várias outras pessoas sofreram ferimentos durante este incidente”, disse Basu. “Acreditamos que um dispositivo que estava preso ao corpo do suspeito era um artefato explosivo falso.”

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que deve receber líderes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), incluindo o presidente norte-americano, Donald Trump, na semana que vem, voltou a Downing Street e foi inteirado do incidente.

“Este é um incidente horrível, e todos meus pensamentos estão com as vítimas e suas famílias”, disse Johnson em um comunicado. “Quero agradecer os serviços de emergência e os membros do público por sua bravura imensa.”

Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista e seu principal oponente, disse que estava chocado com o incidente e que seus pensamentos estavam com os que foram envolvidos nele.

Para o prefeito de Londres, Sadiq Khan, londrinos comuns demonstraram um “heroísmo arrebatador” ao desarmar o agressor munido de faca.

“O que é notável nas imagens que vimos é o heroísmo arrebatador das pessoas que literalmente correram na direção do perigo sem saber o que enfrentariam”, disse Khan aos repórteres, acrescentando que o homem vestia uma bomba falsa.

“Essas pessoas não perceberam na ocasião que se tratava de um artefato falso, e realmente são os melhores entre nós”, acrescentou Khan.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below