January 27, 2020 / 1:59 PM / 5 months ago

Kobe Bryant e filha “Mambacita” morreram ao buscar sonho no basquete

(Reuters) - Kobe Bryant chamava a filha Gianna de “Mambacita” em referência a seu próprio apelido, “Black Mamba”, confiante de que ela seguiria seus passos e se tornaria uma jogadora profissional de basquete.

Kobe Bryant e a filha Gianna em uma partida de basquete em Las Vegas 27/07/2019 Stephen R. Sylvanie-USA TODAY Sports

No domingo, o pentacampeão da NBA e duas vezes medalhista de ouro olímpico, de 41 anos, morreu com a filha de 13 anos e outras sete pessoas, em um acidente de helicóptero a noroeste de Los Angeles, ao perseguir esse sonho.

Bryant e Gianna morreram enquanto viajavam para a Mamba Sports Academy, em Thousand Oaks, Califórnia, onde ele treinaria a equipe da filha em um torneio, de acordo com jogadores e treinadores atordoados na instalação esportiva, informou o Ventura County Star.

Bryant era conhecido por ser um homem de família, e sua conta do Instagram está repleta de fotos e vídeos da esposa, Vanessa, e das quatro filhas, com idades entre 17 anos e 7 meses.

Mas Gianna, ou “Gigi”, era a estrela de muitas das fotos e vídeos, mostrando habilidades no basquete que a ESPN Women, apenas três semanas atrás, comparou com as de seu pai.

Desde que se aposentou da NBA em 2016, Bryant treinava o time de basquete de Gianna. Em um vídeo de novembro que Bryant postou no Instagram, ela termina uma jogada acertando uma cesta de chuá.

Em 2018, Bryant foi flagrado em vídeo dizendo que sua filha estava “empenhada” em jogar pela Universidade de Connecticut Huskies, uma das principais equipes do basquete feminino universitário.

O passo seguinte para Gianna depois da faculdade seria a WNBA, seguindo os passos de seu avô, Joe Bryant, que treinou o Los Angeles Sparks, da liga norte-americana feminina.

Kobe Bryant afirmou ao apresentador de TV Jimmy Kimmel, em janeiro, que quando os fãs se aproximavam dele e de Gianna e diziam que ele tinha que ter um filho para seguir a tradição da família na NBA, Gianna lhes dizia: “Oi! Eu peguei isso!” e ele dizia: “Sim, está correto, você pegou isso”.

Ele contou à rede BET há duas semanas que havia encontrado uma nova paixão ao assistir basquete com Gianna, vendo o esporte através dos olhos de uma menina de 13 anos.

“Não era eu sentado lá, você sabe, como atleta ou jogador ou algo assim, e você sabe que é sobre mim, e eu não gosto disso. Era ela, ela estava se divertindo muito”, disse Bryant.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below