January 30, 2020 / 2:29 PM / 5 months ago

Djokovic derrota Federer por 3 sets a 0 para chegar à final na Austrália

MELBOURNE (Reuters) - Novak Djokovic voltou a bater o rival Roger Federer em um Grand Slam, com uma vitória por 7-6 (1), 6-4 e 6-3, nesta quinta-feira, para avançar à final do Aberto da Austrália e permanecer no caminho para ampliar o recorde com o oitavo título em Melbourne Park.

Novak Djokovic e Roger Federer após partida do Aberto da Austrália 30/01/2020 REUTERS/Issei Kato

Foi o 50º ato de uma das maiores rivalidades do esporte e as apostas estavam pesadas contra Federer, uma vez que o suíço não derrota o sérvio nos principais torneios desde 2012, quando venceu na grama de Wimbledon.

A jornada de Federer nas quadras azuis do Melbourne Park esteve longe de ser tranquila. Ele ficou a dois pontos da derrota contra John Millman na terceira rodada e depois salvou sete match points para superar o norte-americano Tennys Sandgren nas quartas de final.

O suíço dono de 20 títulos de Grand Slam, no entanto, começou melhor. Federer tinha 4-1 e 0-40 no saque de Djokovic, mas o sérvio conseguiu salvar todos os três break points para vencer o game, após o rival cometer uma série de erros não forçados.

O suíço, que passou por um longo atendimento médico contra Sandgren por um problema na virilha, não estava disposto a entrar em ralis com Djokovic e alcançou incríveis 26 golpes vencedores no primeiro set.

Mas a contagem de seus erros também começou a aumentar, e Djokovic ganhou chance para recuperar o saque e, com uma bela exibição no tiebreak, abriu 1 set a 0.

Ambos os jogadores receberam atendimento médico no final do primeiro set e mais uma vez foi Djokovic que ganhou ritmo para converter sua quarta chance de quebra com um forehand na rede que fechou a segunda série.

Djokovic manteve a pressão sobre o suíço de 38 anos no terceiro set e a quebra crucial veio no sexto game, com um golpe vencedor de direita para abrir vantagem de 4-2.

O tenista de 32 anos, vencedor de 16 títulos de Grand Slam, selou sua 27ª vitória sobre Federer no primeiro match point, quando o suíço mandou a bola na rede, em seu 35º erro não forçado da noite.

Na decisão de domingo, Djokovic enfrentará o vencedor da outra semifinal entre Alexander Zverev, da Alemanha, e o austríaco Dominic Thiem, que eliminou o número um do mundo, Rafael Nadal, nas quartas de final.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below