March 8, 2020 / 5:47 PM / 3 months ago

Fiquem em casa para diminuir a disseminação do vírus, pede ministro alemão

BERLIM (Reuters) - O ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn, convocou organizadores de grandes eventos públicos a cancelá-los e instou as pessoas a ficarem em casa na esperança de que isso ajudaria no controle da disseminação do coronavírus, o que pouparia recursos do sistema de saúde.

Com os casos de coronavírus se espalhando rapidamente, a pressão é crescente para uma resposta mais ampla de saúde pública no país depois que a Itália trancou fronteiras do norte para conter o epidemia.

A Alemanha teve 902 casos confirmados na tarde de domingo —distante dos mais de 7.000 da Itália—, mas isso incluía 392 casos em um município no oeste. Um cidadão alemão morreu da doença no Egito.

A tarefa agora era diminuir a propagação do vírus, disse Spahn no domingo.

“O coronavírus está na Alemanha desde quarta-feira da semana passada. Nossa prioridade agora é diminuir a propagação”, afirmou ele no Twitter.

“Quanto mais lento o vírus se espalhar, melhor o sistema de saúde pode lidar.”

Por Thomas Escritt, com reportagem adicional de Crispian Balmer em Roma

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below