for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Combate ao coronavírus está no estágio de recomendações, mas pode ir para determinações, diz porta-voz

Homem usa máscara de proteção facial no aeroporto de Guarulho 12/03/2020 REUTERS/Rahel Patrasso

BRASÍLIA (Reuters) - O porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, disse nesta sexta-feira que o governo segue acompanhando os impactos do novo coronavirus e que o esforço no combate ao surto se encontra na fase das “recomendações”, mas isso pode avançar para um estágio de “determinações”.

Em rápido pronunciamento após reunião de coordenação do governo para o combate ao coronavírus na Casa Civil, Rêgo Barros disse que o momento atual é de prudência.

“Passamos da fase de orientações para a fase de recomendações”, disse o porta-voz após a quinta reunião interministerial sobre o novo coronavirus sob comando da Casa Civil.

“Poder-se-á vir à fase de determinações”, acrescentou Barros, citando que as medidas de prevenção e monitoramento foram intensificadas.

Segundo os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrava até quinta-feira 77 casos confirmados do novo coronavírus e tinha 1.422 casos suspeitos.

O próprio presidente Jair Bolsonaro foi submetido a um teste após a confirmação que seu secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten, que o acompanhou em comitiva presidencial em viagem aos Estados Unidos no último fim de semana, porta o vírus.

Nesta sexta-feira, Bolsonaro afirmou que o resultado do exame deu negativo para o coronavirus em sua página do Facebook.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Edição de Alexandre Caverni

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up