March 23, 2020 / 1:00 PM / 2 months ago

FOCUS-Mercado corta previsão de crescimento do PIB para 1,48% em 2020; estimativa para dólar sobe

SÃO PAULO (Reuters) - O mercado reduziu com força as expectativas para o crescimento da economia neste ano ao mesmo tempo em que passou a ver o dólar mais alto, na esteira das preocupações em torno das consequências da pandemia do coronavírus sobre a economia.

15/01/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino

A pesquisa Focus que o Banco Central divulgou nesta segunda-feira mostrou que a expectativa agora para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020 caiu 0,2 ponto percentual, a 1,48%. Para 2021, a estimativa continua sendo de crescimento de 2,5%.

O número ainda é bem mais otimista do que o do Ministério da Economia, que na sexta-feira anunciou corte na projeção de crescimento PIB de 2020 a 0,02%, ante alta de 2,1% indicada há dez dias, numa mostra da rápida deterioração das expectativas em meio ao avanço do coronavírus e seu dramático impacto na economia.[nL1N2BD1GG]

O levantamento semanal apontou ainda que a expectativa para a alta do IPCA caiu a 3,04% este ano e 3,60% no próximo, de 3,10% e 3,65% antes respectivamente,

O centro da meta oficial de 2020 é de 4% e, de 2021, de 3,75%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

As contas para o dólar voltaram a subir após sucessivas máximas recordes, com a moeda norte-americana superando os 5 reais. Agora, o mercado vê o dólar a 4,50 reais em 2020 de 4,35 reais antes, e a 4,29 reais em 2021 de 4,20 reais na semana anterior.

A pesquisa semanal com uma centena de economistas mostrou ainda que a taxa básica de juros permanece estimada nos atuais 3,75% este ano e em 5,25% no próximo.

Na semana passada, o BC cortou a Selic em 0,5 ponto, aumentando o ritmo de afrouxamento monetário em resposta aos impactos econômicos com o coronavírus, mas já indicando que este deve ser o novo nível dos juros básicos daqui para a frente. Em ata divulgada nesta segunda-feira, reconheceu que a retração da demanda por conta do coronavírus tem efeito que tende a ser “bastante significativo” para a política monetária em razão do impacto na economia e que, para compensá-lo, seria necessário cortar os juros para além da redução da semana passada.[nL1N2BG0B4]

O Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões também manteve a expectativa de Selic a 3,38% na mediana das projeções este ano, indo a 5% em 2021.

Veja abaixo as principais projeções do mercado para a economia brasileira, de acordo com a pesquisa semanal do BC com cerca de 100 instituições financeiras:

Expectativas de mercado 2020 2020 2021 2021

Mediana Há 1 Hoje Há 1 Hoje

semana semana

IPCA (%) 3,10 3,04 3,65 3,60

PIB (%) 1,68 1,48 2,50 2,50

Dólar (fim de período-R$) 4,35 4,50 4,20 4,29

Selic (fim de período-% a.a.) 3,75 3,75 5,25 5,25

Preços administrados (%) 3,30 3,24 3,80 3,75

Produção industrial (%) 1,63 1,00 2,50 2,50

Conta corrente (US$ bi) -59,00 -56,50 -60,00 -58,53

Balança comercial (US$ bi) 36,10 35,25 34,00 34,90

IDP (US$ bi) 80,00 80,00 83,75 80,00

Dívida líquida pública (%/PIB) 56,50 56,55 57,80 57,95

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below