April 5, 2020 / 3:58 PM / 4 months ago

Arábia Saudita adia preços do petróleo de maio para depois de reunião da Opep+

DUBAI (Reuters) - A Saudi Aramco vai adiar a liberação de seu preço de venda oficial (OSP, na sigla em inglês) de maio até 10 de abril para aguardar o resultado de uma reunião entre a Opep e seus aliados sobre possíveis cortes de produção, disse neste domingo uma fonte saudita sênior familiarizada com o assunto.

“É uma medida que nunca foi tomada pela Aramco. Os OSPs de maio dependerão da conclusão da reunião da Opep+. Estamos fazendo o possível para torná-la bem-sucedida, incluindo a tomada de uma medida extraordinária para atrasar os OSPs”, declarou a fonte da Arábia Saudita.

A Saudi Aramco normalmente emite seus OSPs até o dia 5 de cada mês, estabelecendo tendência para os preços de Irã, Kuwait e Iraque e afetando mais de 12 milhões de barris de petróleo por dia com destino à Ásia.

A Opep e aliados liderados pela Rússia, um grupo conhecido como Opep+, devem se reunir na quinta-feira para discutir um possível novo corte global na oferta de petróleo para encerrar uma guerra de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia, o que levou o presidente dos EUA, Donald Trump, a intervir.

A fonte saudita disse que Riad quer evitar a repetição do resultado de uma reunião de março em que as negociações sobre petróleo fracassaram devido à recusa da Rússia em cortar a produção.

Por Rania El Gamal

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below