April 19, 2020 / 7:54 PM / 4 months ago

Moçambique expulsa traficante Fuminho, diz Ministério do Interior

MAPUTO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - Moçambique anunciou neste domingo que expulsou um traficante de cocaína brasileiro após sua prisão nesta semana, um caso que realça o alcance global do PCC, disseram autoridades do país.

    Gilberto Aparecido dos Santos, conhecido como Fuminho, estava foragido há mais de 20 anos, depois de escapar de uma prisão. Ele foi capturado em um hotel de luxo em Maputo, no dia 14 de abril. O traficante era um dos fugitivos mais procurados do Brasil, disse a polícia.

    O Ministério do Interior de Moçambique disse em comunicado que o traficante foi expulso por entrar no país ilegalmente. Ele portava um passaporte falso, disse a Polícia Federal do Brasil.

    Devido à rapidez de sua saída de Moçambique, não ficou claro se ele foi expulso ou extraditado.

    (Reportagem de Manuel Mucari e Gabriel Stargardter)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below