May 13, 2020 / 12:53 PM / 15 days ago

Espanha planeja manter fronteiras fechadas até julho, dizem fontes do governo

MADRI (Reuters) - As autoridades espanholas estão planejando manter as fronteiras fechadas à maioria dos viajantes do exterior até julho, disseram duas fontes do Ministério das Relações Exteriores nesta quarta-feira, uma medida que visa tentar evitar uma segunda onda de contágio do coronavírus.

Bar em Tarragona, Espanha 12/5/2020 REUTERS/Nacho Doce

As fronteiras terrestres com França e Portugal estão fechadas desde que um estado de emergência foi declarado em meados de março para combater a pandemia, o que praticamente paralisou a economia e atingiu duramente seu setor turístico.

A Espanha começou a afrouxar o isolamento para seus habitantes agora que a pandemia está sendo controlada, mas também impôs uma quarentena de duas semanas a viajantes estrangeiros e praticamente impediu o tráfego aéreo e marítimo em suas divisas para evitar importar casos novos de outros países.

A quarentena deve expirar no dia 24 de maio, quando o estado de emergência chega ao fim, mas ambos podem ser prorrogados. De qualquer forma, as restrições às viagens provavelmente continuarão em vigor muito depois de dia 24 de maio, apesar de o turismo ser crucial para a economia espanhola, disseram as fontes à Reuters.

“Quando chegarmos ao novo normal, podemos começar a abrir as fronteiras com países de (espaço) Schengen, estamos falando em abrir para estes países no início de julho”, disse uma das fontes.

A segunda fonte confirmou que o governo não pensa em abrir as fronteiras antes de julho.

Para não desencadear uma nova onda de contaminações importadas de viajantes do exterior, o governo está estudando maneiras de controlar quem pode entrar no país.

“Os dois modelos propostos são corredores sanitários ou exigências de exames médicos”, disse a primeira fonte. “Este é o debate que estamos tendo com outros países europeus.”

Parte das férias de verão ainda podem ser salvas por turistas do espaço Schengen, acrescentou a fonte.

A indústria turística da Espanha atrai cerca de 80 milhões de visitantes por ano e responde por cerca de 12% do produto interno bruto (PIB) do segundo país mais visitado do mundo.

O setor hoteleiro de locais com as Ilhas Baleares vem pressionando para que o governo crie corredores de viagem especiais para turistas da Alemanha ou outras nações das quais muitos dos visitantes se originam.

A Comissão Europeia delineará diretrizes para reativar o turismo dentro das fronteiras da União Europeia nesta quarta-feira, sugerindo que os passageiros de avião usem máscaras, na tentativa de acudir o combalido setor turístico durante a lucrativa temporada de verão.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below