for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ministério da Economia estima perda adicional de R$20 bi para cada semana adicional de quarentena

Vista da Avenida Paulista, na cidade de São Paulo 15/04/2020 REUTERS/Rahel Patrasso

BRASÍLIA (Reuters) - A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia estimou nesta quarta-feira que a perda de uma semana adicional de quarentena é de 20 bilhões de reais para a economia do Brasil.

“O impacto imediato diante das paralisações da produção e isolamento social foi calculado utilizando-se uma grande quantidade de fontes de dados para os 128 produtos da Tabela de Recursos e Usos do IBGE, permitindo avaliar a perda de faturamento por produto e atividade”, afirmou a SPE, em nota.

A secretaria ressaltou, contudo, que os custos envolvidos no isolamento devem ser muito maiores já que, quanto maior o tempo em isolamento social, maior será a perda de arrecadação das empresas e seu endividamento, promovendo um número crescente de falências e destruição de postos de trabalho.

“O mesmo efeito ocorre sobre o endividamento público, que tem gastos majorados e redução nas arrecadações. Assim, os canais de impacto da crise que afetam o médio e o longo prazo são amplificados por períodos maiores de isolamento social”, pontuou.

Por Marcela Ayres

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up