for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Moderna amplia acordo para aumentar produção de possível vacina de Covid-19

Sede da Moderna em Cambridge, nos Estados Unidos 18/05/2020 REUTERS/Brian Snyder

(Reuters) - A Moderna MRNA.O estendeu um acordo para garantir grandes volumes de lipídios usados para produzir sua vacina experimental contra Covid-19, enquanto a empresa de biotecnologia norte-americana procura aumentar a capacidade e produzir doses suficientes para atender à demanda global esperada.

A companhia assinou nesta quinta-feira um acordo com a empresa suíça CordenPharma para o fornecimento de grandes volumes de excipientes lipídicos usados para produzir sua potencial vacina.

Atualmente, não existem tratamentos ou vacinas aprovadas para o Covid-19, e os especialistas prevêem que uma vacina segura e eficaz pode levar de 12 a 18 meses desde o início do desenvolvimento.

As vacinas são vistas pelos líderes mundiais como a única maneira real de reiniciar suas economias após meses de bloqueios. No entanto, existe uma preocupação crescente de que algumas nações, incluindo os Estados Unidos, possam procurar acumular algumas vacinas candidatas bem-sucedidas, já que é improvável que a capacidade inicial de produção seja suficiente para atender à demanda global.

A Moderna disse na semana passada que sua candidata a vacina, a primeira a ser testada nos Estados Unidos, produziu anticorpos protetores em um pequeno grupo de voluntários saudáveis, oferecendo um vislumbre de esperança para uma das mais avançadas vacinas em desenvolvimento.

“Essa expansão aumentará a oferta de excipientes lipídicos usados para fabricar nossos produtos de mRNA”, disse o vice-presidente de operações técnicas e qualidade da Moderna, Juan Andres.

A Moderna planeja fornecer milhões de doses por mês em 2020 e dezenas de milhões por mês em 2021, se a vacina for bem-sucedida.

A empresa assinou um contrato de 10 anos com A fabricante suíça de medicamentos Lonza LONN.S para ajudar a acelerar a produção da vacina, com o objetivo de atingir até 1 bilhão de doses anuais.

Por Shubham Kalia e Ankur Banerjee em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up