for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Minério sobe 6,4% na China com forte demanda e temor sobre oferta no Brasil

Terminal de minéerio de ferro no porto de Dalian, China 21/09/2018 REUTERS/Muyu Xu

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro negociados na China subiram mais de 6% nesta sexta-feira e marcaram o quinto ganho semanal consecutivo, impulsionados pelo aumento da produção em siderúrgicas e preocupações com a oferta no Brasil devido à pandemia de coronavírus.

As taxas de utilização de capacidade em altos-fornos em 247 usinas em toda a China subiram de 90,49% para 91,38% nesta sexta-feira, segundo a consultoria Mysteel.

“O alto nível de produção de aço vai se sustentar por um tempo, e os estoques portuários ainda são baixos e sustentarão e estimularão os preços do minério de ferro”, disse Huatai Futures.

Os futuros de minério de ferro mais negociados na bolsa de Dalian, para entrega em setembro, saltaram 6,7%, para 754 iuanes (105,50 dólares) por tonelada, antes de fecharem com ganhos de 6,4% para 752 iuanes.

O contrato ganhou 5% na semana.

Os preços também aumentaram em meio a preocupações de oferta no Brasil. O país registrou 26.417 novos casos de coronavírus na quinta-feira, elevando sua contagem total para 438.238, perdendo apenas para os Estados Unidos nos casos confirmados.

Por Min Zhang e Tom Daly

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up