for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Núcleo "jurídico" do governo Bolsonaro reúne-se com Alexandre de Moraes, do STF

Ministro Alexandre de Moraes em Brasília 6/2/2017 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - Os ministros da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, da Advocacia-Geral da União, José Levi Mello, e da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, reuniram-se nesta sexta-feira em São Paulo com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, relator de dois inquéritos delicados para o governo Jair Bolsonaro, o das fake news e o dos atos antidemocráticos.

O encontro consta na agenda oficial dos três ministros do governo e ocorreu no horário do almoço. A reunião ocorre num momento de embate do presidente e de aliados dele, que têm feito críticas duras ao STF e ao próprio Alexandre de Moraes.

Na véspera, o Supremo validou por expressiva maioria dos ministros a legalidade do inquérito das fake news, que investiga a divulgação de notícias falsas e ameaças a integrantes da corte em um julgamento marcado por uma série de recados ao governo Bolsonaro.

Oficialmente, conforme a agenda do ministro-chefe da AGU, o encontro serviu para tratar de quatro processos: um referente à demarcação de terras indígenas no país; outro sobre eventuais prejuízos do setor sucroalcooleiro; um terceiro sobre possibilidade de bloqueio de bens pelo Tribunal de Contas da União; e o último sobre a validade de normas referentes a rastreamento e marcação de armas e munições no país.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up