June 28, 2020 / 4:33 PM / 3 days ago

Trump retuita e depois apaga vídeo de apoiador gritando "white power"

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retuitou um vídeo mostrando um de seus apoiadores na Flórida gritando “white power” contra manifestantes contrários ao seu governo, o que levou à reação imediata do único republicano negro no Senado.

O vídeo no Twitter, que mais tarde foi excluído do perfil de Trump, mostrava manifestantes pró e contra Trump gritando palavras de ordem um ao outro. Depois que um manifestante chama um partidário do presidente de racista, o homem responde levantando o punho e gritando “white power”.

Essas palavras são frequentemente usadas pelos supremacistas brancos.

“Não há dúvida de que ele não deveria ter retuitado e deveria simplesmente apagar”, disse o senador Tim Scott ao programa “State of the Union” da CNN.

O porta-voz da Casa Branca Judd Deere disse que o presidente “é um grande fã do The Villages. Ele não ouviu a declaração feita no vídeo. O que viu foi o tremendo entusiasmo de seus muitos apoiadores”.

A publicação vem na esteira na resposta hostil de Trump a protestos contra a injustiça racial nos EUA após a morte de George Floyd por um policial branco que se ajoelhou em seu pescoço em Minneapolis.

No tuíte, Trump escreveu “Obrigado grande povo do The Villages”, uma comunidade de aposentados na Flórida que ele visitou no ano passado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below