for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

ONS projeta redução de 1,6% na carga de energia do Brasil em setembro

Parque de energia solar na Índia. REUTERS/Amit Dave

SÃO PAULO (Reuters) - A carga de energia no sistema elétrico brasileiro deverá cair 1,6% em setembro ante o mesmo mês de 2019, para 65.726 MW médios, projetou nesta sexta-feira o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

O índice de carga, que representa o consumo mais perdas na rede, cairá 2,8% no próximo mês no Sudeste, a principal região consumidora do país.

Os efeitos da pandemia têm pesado sobre o consumo de eletricidade, embora até a semana passada o ONS projetasse aumento de 2,1% na carga de agosto.

O órgão ainda vê uma redução de 1,2% na carga no Nordeste em setembro. No Sul, o ONS projeta aumento de 0,6%, enquanto no Norte deverá haver uma alta de 1,6%.

O operador ainda projetou chuvas nos reservatórios de hidrelétricas do Sudeste em 78% da média histórica para setembro; 66% no Nordeste e 89% da média no Sul.

Por Roberto Samora

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up