for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump visita Califórnia e Biden fala em mudança climática em meio a incêndios florestais

LAS VEGAS/WILMINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, viajará à Califórnia nesta segunda-feira para ser informado a respeito dos incêndios florestais devastadores no Estado, e seu rival democrata na eleição presidencial de novembro, Joe Biden, planeja um discurso sobre o tema no Delaware, colocando a mudança climática na linha de frente da campanha eleitoral.

Combinação de fotos de Joe Biden e Donald Trump 04/09/2020 REUTERS/Kevin Lamarque/Leah Millis

Trump, republicano que tirou os EUA do acordo de Paris contra o aquecimento global por tê-lo considerado caro demais, expressou a opinião de que o manejo inadequado das florestas tem parte da culpa pelos incêndios que assolam a Costa Oeste.

Os democratas enfatizam o papel desempenhado pela mudança climática, posição que Biden deve reforçar em seus comentários.

Trump viajará ao Parque McClellan, na Califórnia, para se encontrar com autoridades locais e federais e será posto a par dos incêndios.

“O presidente continua a apoiar aqueles que estão combatendo os violentos incêndios florestais com uma reação de emergência de execução local, administração estadual e apoio federal”, disse o porta-voz da Casa Branca, Judd Deere, em um comunicado emitido no sábado.

Biden incluiu a mudança climática na lista de grandes crises enfrentadas pelos EUA, assim como a pandemia de coronavírus, que já matou mais de 194 mil pessoas e lançou o país em uma recessão econômica.

“O vice-presidente Biden debaterá a ameaça que os eventos climáticos extremos representam aos americanos de toda parte, como eles são tanto causados por e sublinham a necessidade urgente de combater a crise climática e por que precisamos criar empregos sindicalizados bem remunerados para construir uma infraestrutura mais resistente”, disse sua campanha em um comunicado divulgado no domingo.

Uma série de incêndios florestais arrasadores e mortais atingiu Califórnia, Oregon e o Estado de Washington neste verão, destruindo milhares de casas e algumas cidades pequenas, queimando mais de 1,61 milhão de hectares e matando mais de duas dúzias de pessoas desde o início de agosto.

Combater a mudança climática é um tema central e motivador para os jovens e os eleitores de inclinação progressista que Biden precisa que compareçam para votar na eleição de 3 de novembro.

A questão é mais complicada para alguns republicanos, que, apesar de indícios científicos claros de sua existência, questionam os dados e a necessidade de medidas amplas e custosas para enfrentá-la.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up