for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Número de casos de Covid-19 no mundo passa marca de 40 milhões

Profissional de saúde colhe amostras para exame de detecção de coronavírus em Wisconsin, nos Estados Unidos 18/10/2020 REUTERS/Bing Guan

(Reuters) - O número de casos de Covid-19 no mundo superou a marca de 40 milhões nesta segunda-feira, de acordo com uma contagem da Reuters, com a aproximação do inverno no Hemisfério Norte impulsionando o ressurgimento da doença.

A contagem da Reuters se baseia em dados oficiais dos países. Especialistas acreditam que os números reais tanto de casos como de mortes causadas pelo vírus são provavelmente muito superiores aos dados oficiais, dadas as deficiências na testagem e à subnotificação em alguns países.

Os dados da Reuters mostram que a pandemia continua a acelerar. Levou somente 32 dias para sair da marca de 30 milhões de casos em todo o mundo para a de 40 milhões. Em comparação, foram necessários 38 dias para ir da marca de 20 milhões de casos, para a de 30 milhões e três meses para se atingir os 10 milhões de casos desde o registro das primeiras infecções em Wuhan, na China, no início de janeiro.

O recorde diário de novos casos foi registrado no final da semana passada, com a marca global de novas infecções pela doença passando de 400 mil pela primeira vez.

Na semana passada, foram registrados em média 347 mil novos casos por dia no mundo, contra uma média de 292 mil na primeira semana de outubro.

Estados Unidos, Índia e Brasil seguem sendo os países mais afetados no mundo. Os casos nas Américas do Norte, Central e do Sul representam cerca de 47,27% do total mundial.

Existem cerca de 247 casos para cada 10 mil habitantes nos Estados Unidos. Para a Índia e o Brasil esses números estão em 55 e 248 por 10 mil habitantes, respectivamente.

Os novos casos na Europa são mais de 150 mil por dia, ao passo que muitos países como Itália, Holanda, Alemanha, Áustria, Polônia, Ucrânia, Chipre e República Tcheca registraram recordes nas infecções diárias.

A Europa responde atualmente por mais de 17% do número de casos no mundo e por 22% das mortes relacionadas ao vírus no planeta.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up