for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Premiê canadense Trudeau consegue apoio da oposição para evitar eleição antecipada

Canada's Prime Minister Justin Trudeau speaks during Question Period in the House of Commons on Parliament Hill in Ottawa, Ontario, Canada October 21, 2020. REUTERS/Blair Gable

OTTAWA (Reuters) - O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, sobreviveu a um voto de confiança, nesta quarta-feira, após um importante partido de oposição apoiar o governista Partido Liberal, impedindo a possibilidade de uma eleição antecipada enquanto o quadro da pandemia de coronavírus se agrava no país.

Por 180 votos a 146, os parlamentares recusaram uma moção dos conservadores, os principais adversários de Trudeau, para investigar se o governo havia conduzido de maneira imprópria contratos públicos, oferecendo-os a amigos na batalha contra a pandemia no início do ano.

Trudeau conquistou apenas uma minoria das cadeiras na Câmara dos Comuns canadense em uma eleição há um ano e precisava do apoio de outros parlamentares para sobreviver. Os novos democratas, que tendem à esquerda, acabaram apoiando os liberais, dizendo que a Câmara dos Comuns deveria continuar trabalhando para ajudar os canadenses atingidos pela pandemia.

O resultado significa que os canadenses não passarão por uma eleição antecipada enquanto o país enfrenta uma segunda onda de infecções pela Covid-19.

“Os canadenses não querem uma eleição. Mas os canadenses precisam saber que o Parlamento continua a trabalhar de forma construtiva”, disse o primeiro-ministro à Casa pouco antes da votação.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up