for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Exportação de açúcar do Brasil caminha para superar 4 mi t em outubro, um novo recorde

Sacas de açúcar em unidade de processamento em Campos dos Goytacazes (RJ) 10/11/2010 REUTERS/Sergio Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - A exportação de açúcar do Brasil somou 202,3 mil toneladas na média diária até a quarta semana do mês, mais que o dobro das 87,17 mil toneladas/dia de outubro de 2019, e caminha para superar 4 milhões de toneladas, o que seria um novo recorde mensal, conforme dados do governo.

No acumulado do mês até a quarta semana (16 dias úteis), as exportações da commodity somaram 3,2 milhões de toneladas.

Até o momento, o maior volume já embarcado pelo país em um mês foi de 3,93 milhões de toneladas, em outubro de 2012, de acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

As exportações da açúcar do Brasil, maior exportador global da commodity, têm sido beneficiadas pela maior produção nacional, menor oferta em importantes países concorrentes e um câmbio favorável a embarques, segundo especialistas.

Com reportagem adicional de Gabriel Araujo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up