for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Maradona se recupera de anemia em hospital, diz médico

Diego Maradona antes de partida do Gimnasia y Esgrima contra o Boca Juniors pelo Campeonato Argentino 07/03/2020 REUTERS/Agustin Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - A lenda do futebol argentino Diego Maradona estava com anemia e desidratado, mas está se recuperando bem em um hospital, disse seu médico pessoal nesta terça-feira.

Maradona, de 60 anos, está passando por exames depois de ser internado na clínica Ipensa, em La Plata, de acordo com seu médico Leopoldo Luque, que disse que sua condição clínica não tem relação com a Covid-19.

“Ele está evoluindo como queríamos. Espero que ele vá querer ficar até amanhã”, disse Luque a jornalistas. “Ele terá que fazer um tratamento de longo prazo.”

Na segunda-feira, Luque havia dito que Maradona, que atualmente é técnico do Gimnasia y Esgrima, de La Plata, “não estava bem psicologicamente” e isso havia impactado em sua saúde física. Ele deve ficar em observação por pelo menos três dias.

Maradona, que conquistou a Copa do Mundo de 1986 com a Argentina, é amplamente considerado um dos maiores jogadores de futebol da história.

A última aparição pública dele foi em seu aniversário de 60 anos na sexta-feira, antes da partida de sua equipe contra o Patronato pelo Campeonato Argentino.

Reportagem de Jorge Otaola

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up