October 1, 2014 / 9:39 PM / in 4 years

EUA mantêm em observação 18 pessoas expostas a paciente com Ebola

DALLAS, Estados Unidos (Reuters) - Especialistas de saúde estão mantendo até dezoito pessoas em observação, incluindo crianças, que tiveram contato com a primeira pessoa a ser diagnosticada com o Ebola nos Estados Unidos, informaram autoridades nesta quarta-feira.

O superintendente do distrito escolar independente de Dallas, Mike Miles, fala à imprensa no Hospital Texas Health Presbyterian, em Dallas, no Texas, Estados Unidos, nesta quarta-feira. 01/10/2014 REUTERS/Mike Stone

A confirmação de que um homem que viajou da Libéria ao Estado norte-americano do Texas adoeceu com a febre hemorrágica levou as autoridades de saúde dos EUA a adotar medidas para conter o vírus, que já matou pelo menos 3.338 pessoas na Libéria, em Serra Leoa e na Guiné, declarou a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Inicialmente, o paciente foi avaliado na sexta-feira passada e liberado do Hospital Texas Health Presbyterian, em Dallas, com antibióticos, um grave incidente que pode resultar na exposição de outras pessoas ao vírus, disseram especialistas em doenças infecciosas.

O homem foi internado no mesmo hospital no domingo, onde está em estado grave, declarou uma porta-voz. O hospital alegou privacidade para não identificá-lo, mas a agência de notícias Associated Press disse que ele se chama Thomas Eric Duncan.

Cinco estudantes da região de Dallas estão sendo monitorados por causa da possível exposição ao Ebola depois de terem tido contato com o homem no fim de semana, relataram autoridades de Dallas. Um assistente de saúde do condado de Dallas disse que entre 12 e 18 pessoas estão sob monitoramento em função do possível contato com o paciente.

“Os estudantes não tinham nenhum sintoma, por isso as chances de eles transmitirem qualquer tipo de vírus é muito baixa”, afirmou o superintendente do distrito escolar independente de Dallas, Mike Miles, em uma coletiva de imprensa.

Miles disse que os cinco alunos foram à escola desde então, mas que agora estão em casa, que as escolas receberão profissionais de saúde adicionais e que as aulas serão mantidas.

Autoridades do Texas declararam que os profissionais de saúde que cuidaram do paciente infectado testaram negativo para o Ebola até o momento e que não há outros casos suspeitos no Estado. O governador do Texas, Rick Perry, declarou à imprensa estar confiante de que a doença será contida.

“As pessoas deste país podem ficar tranquilas de que temos a infraestrutura médica necessária para evitar uma propagação ampla do Ebola”, disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, à rede de televisão CNN.

Quaisquer pessoas que possam ter tido contato com o paciente internado em Dallas serão monitoradas com atenção durante os próximos 21 dias, o tempo que os sintomas podem levar para surgir.

O diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), doutor Thomas Frieden, e outras autoridades reforçaram um pedido para que os funcionários de saúde sejam cuidadosos ao analisar pacientes com possíveis sinais do vírus no país.

O homem não tinha febre nem sintomas do vírus quando partiu da Libéria rumo aos Estados Unidos via Bruxelas em 19 de setembro, afirmou o governo liberiano.

Neste meio tempo, o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, primeiro especialista em saúde a encabeçar a instituição, disse que combater o Ebola significa confrontar a desigualdade, já que as pessoas de países pobres têm menos acesso ao conhecimento e à infraestrutura para tratar os doentes e conter a epidemia.

Várias companhias aéreas norte-americanas disseram estar em contato próximo com autoridades federais da saúde sobre as preocupações com o Ebola em viagens.

Reportagem adicional de Jon Herskovitz, em Austin, Texas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below