July 17, 2015 / 12:25 AM / 3 years ago

Ministério Público vai investigar Lula por suposto tráfico de influência para Odebrecht

SÃO PAULO (Reuters) - A Procuradoria da República no Distrito Federal abriu uma investigação contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para apurar suposto tráfico de influência com o objetivo de favorecer a construtora Odebrecht, afirmou a procuradoria nesta quinta-feira.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concede entrevista coletiva no Instituto Lula, em São Paulo, no ano passado. 03/07/2014 REUTERS/Nacho Doce

A decisão de abrir a investigação contra o ex-presidente, determinada pelo procurador Valtan Timbó Mendes Furtado, acontece depois de um inquérito preliminar de maio, conduzido pela procuradora Mirella Carvalho de Aguiar, para apurar se Lula beneficiou a Odebrecht entre 2011 e 2014, após deixar a Presidência, influenciando ações de autoridades estrangeiras e do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho.

Em nota divulgada na noite desta quinta-feira, o Instituto Lula disse que o ex-presidente ficou surpreso com a decisão, já que o tema vinha sendo examinado pela procuradora da República Mirella de Carvalho Aguiar.

“Trata-se de um procedimento absolutamente irregular, intempestivo e injustificado, razão pela qual serão tomadas as medidas cabíveis para corrigir essa arbitrariedade no âmbito do próprio Ministério Público, sem prejuízo de outras providências juridicamente cabíveis”, diz o comunicado.

Mais cedo, o Instituto Lula havia dito, por meio de sua assessoria de imprensa, que recentemente foram entregues documentos solicitados pela procuradora e que avalia que o tempo passado desde a entrega foi pouco para que ela os analisasse.

No inquérito preliminar, procurados citaram reportagens de que a Odebrecht venceu contratos em países como República Dominicana e Cuba depois que Lula se reuniu com líderes desses países, viajando às custas da empresa.

Na nota, o Instituto acrescentou que “Lula é alvo de um conjunto de manipulações e arbitrariedades com o propósito evidente de criar constrangimentos” e disse esperar que “o Ministério Público esclareça ao país o por que de procedimentos tão contraditórios”.

A Odebrecht é uma das empresas investigadas pela operação Lava Jato, que apura um esquema bilionário de corrupção na Petrobras. O presidente da construtora, Marcelo Odebrecht, está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba, acusado de participação no esquema.

Por Caroline Stauffer e Eduardo Simões, com reportagem adicional de Tatiana Ramil

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below