17 de Julho de 2015 / às 15:19 / 2 anos atrás

Cunha reitera que impeachment deve ser tratado de forma constitucional

BRASÍLIA (Reuters) - Apesar de anunciar seu rompimento com o governo nesta sexta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), manteve sua posição da véspera de que a questão de um eventual processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff deve ser tratado de maneira constitucional e não como recurso eleitoral.

Em entrevista coletiva, Cunha ressaltou que sua decisão de assumir uma postura de oposição ao governo é de caráter pessoal, mas que vai defender dentro do PMDB o rompimento do partido também.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below