July 30, 2015 / 1:26 AM / in 2 years

Autoridades analisam parte encontrada de avião por possível ligação com voo MH370

Por Tim Hepher e Lincoln Feast

PARIS/SIDNEY (Reuters) - A agência francesa de investigação sobre acidentes aéreos está analisando um pedaço de um avião encontrado na região da Ilha de La Réunion, a leste de Madagascar, por possíveis ligações com a aeronave desaparecida da Malaysia Airlines em março do ano passado, disse um porta-voz nesta quarta-feira.

Uma pessoa com conhecimento do assunto disse à Reuters que a parte encontrada é quase certamente de um Boeing 777, mas que ainda não foi estabelecido se o destroço pertence ao voo MH370.

Uma autoridade norte-americana disse que os investigadores de segurança aérea têm um “alto grau de confiança” de que o pedaço é do mesmo modelo do avião da Malaysia Airlines que operava o voo MH370, segundo a agência de notícias Associated Press.

Nenhum rastro foi encontrado até agora do voo que desapareceu em março do ano passado com 239 passageiros e tripulantes durante uma viagem de Kuala Lumpur a Pequim, no que se tornou um dos maiores mistérios da história da aviação. A maioria dos passageiros era chinesa.

Esforços de buscas pelo Boeing 777, liderados pela Austrália, focaram-se extensamente no sul do oceano Índico, na região da costa australiana.

“No caso de os destroços serem identificados como sendo do MH370 na Ilha de La Réunion, isso seria consistente com outras análises e modelos de que o lugar de descanso da aeronave está no sul do oceano Índico”, disse o vice-primeiro-ministro australiano, Warren Truss, em comunicado.

A parte encontrada, que de acordo com especialistas em aviação pode ser uma superfície móvel da asa conhecida como “flap” e situada perto da fuselagem, geralmente contém marcas ou números que poderão levar à identificação de uma aeronave específica, disse uma pessoa familiarizada com o assunto.

Um porta-voz da agência francesa BEA disse que ainda é muito cedo para tirar conclusões.

“Neste momento, a BEA está estudando a informação sobre o componente do avião descoberto em La Reunión, em coordenação com nossos colegas malaios e australianos, e com as autoridades judiciárias”, disse o porta-voz da BEA por e-mail.

“O componente ainda não foi identificado e não é possível neste momento ter certeza se essa parte é de um B777 e/ou do MH370.”

A Malaysia Airlines afirmou em comunicado que ainda é prematuro especular e que está trabalhando com autoridades para determinar a origem da parte encontrada.

A Ilha de La Réunion é um território francês no oceano Índico.

Reportagem de Tim Hepher, Emmanuel Jarry e Matthias Blamont, em Paris; de Lincoln Feast e Swati Pandey, em Sydney; de Alwyn Scott, em Nova York; e de Al-Zaquan Amer Hamzah, em Kuala Lumpur

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below