August 15, 2015 / 12:36 PM / 3 years ago

Ao menos 40 imigrantes morrem em travessia do Mediterrâneo

ROMA (Reuters) - Pelo menos 40 imigrantes morreram após aparentemente ficarem presos no porão de uma embarcação que atravessava o Mar Mediterrâneo, afirmou a Marinha italiana neste sábado.

As vítimas teriam sido sufocadas por fumaça, segundo um capitão da Marinha que conduzio o resgate. O comandante Massimo Tozzi, falando a partir do navio, disse que quando seus homens entraram no barco encontraram as pessoas mortas, imersas em água e combustível.

Tozzi disse que seu navio, o Cigala Fulgosi, resgatou mais de 300 sobreviventes, incluindo mulheres e crianças.

Na terça-feira passada, até 50 migrantes desapareceram quando um grande bote de borracha afundou no Mar Mediterrâneo.

Quase 2.000 foram resgatados nesta semana no Mediterrâneo, o ponto mais mortal do mundo de travessia de imigrantes.

Reportagem de Philip Pullella

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below