August 16, 2015 / 1:55 PM / 3 years ago

Iraque leva à corte marcial comandantes militares que abandonaram posições

BAGDÁ (Reuters) - O primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, validou neste domingo decisão de um conselho de investigação para levar à corte marcial os comandantes militares que abandonaram suas posições na batalha contra militantes islâmicos em Ramadi.

O anúncio vem em um momento em que Abadi quer promover uma reforma importante para combater a corrupção e má gestão que abalou o sistema após a ocupação militar dos EUA.

Ramadi, capital da província de Anbar, caiu nas mãos de militantes do Estado Islâmico em maio, dinamitando as esperanças de Bagdá de uma expulsão rápida dos rebeldes no norte e oeste do país, após vitórias anteriores nas províncias orientais.

Reportagem de Ahmed Rasheed

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below