August 23, 2015 / 5:53 PM / 3 years ago

Alemanha promete lutar contra xenofobia depois de ataques a abrigo de refugiados

BERLIM (Reuters) - O Ministério do Interior da Alemanha liderou neste domingo os pedidos para que se reprima os racistas e militantes de direita, depois da segunda noite de confrontos entre manifestantes e a polícia do lado de fora de um abrigo para refugiados, numa cidade do leste da Alemanha, perto de Dresden.

Apenas um dia depois de 31 policiais ficarem feridos num protesto violento contra os que buscam asilo no país, um fotógrafo da Reuters viu no sábado à noite cerca de 200 militantes, bêbados na maioria, em Heidenau, jogando fogos de artifício e garrafas na polícia.

Alguns gritavam “Heil Hitler”.

Em meio aos temores de uma repetição dos distúrbios, a polícia neste domingo começou a montar uma zona de segurança ao redor do abrigo.

O vice-chanceler Sigmar Gabriel visitará a cidade nesta segunda-feira.

À medida que a Europa enfrenta dificuldades com o fluxo de migrantes fugindo da guerra em países como a Síria e o Iraque, os políticos alemães estão preocupados com os efeitos financeiros e sociais no país, o que mais recebe refugiados na União Europeia. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below