August 30, 2015 / 7:03 PM / 3 years ago

Sete refugiados morreram em naufrágio na costa da Líbia neste domingo

TRÍPOLI/BIDAPESTE (Reuters) - Sete pessoas morreram quando um barco que transportava imigrantes naufragou na costa da Líbia neste domingo no segundo acidente fatal no mar em dias e momentos em que líderes europeus enfrentam problemas para definir uma política sobre a crise dos refugiados.

A guarda costeira italiana disse que cerca de 1.600 refugiados foram resgatados do Mar Mediterrâneo e transportados à Itália neste fim de semana, mostrando que o fluxo de pessoas, em sua mairia da África e Oriente Médio, segue intenso.

Ao menos 2.500 pessoas foram mortas dese janeiro, a maioria afogadas no Mediterrâneo.

“Tivemos relatos esta manhã de que sete corpos de imigrantes ilegais que afundaram em Khoms (leste de Trípoli)”, disse Mohamad al-Misrati, porta voz da Rede Crescente em Trípoli.

A medida que as vítimas aumentam, aumentam também as críticas sobre as diferentes leis europeias e as estratégias para enfrentar a chegada dos imigarantes.

Alguns governos europeus tem se recusado a aceitar os refugiados e resistido à proposta da União Europeia de acertar um plano comum para combater a crise.

Reportagem de Crispian Balmer em Roma, William James em Londres, Karin Strohecker em Viena, Paul Carrel em Berlim e Hani Amara na Líbia

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below