September 1, 2015 / 2:26 PM / 3 years ago

Papa vai permitir que padres perdoem o aborto durante Ano Santo

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - Durante o próximo Ano Santo da Igreja Católica, o papa Francisco vai autorizar os padres a perdoarem formalmente mulheres que fizeram aborto, na mais recente iniciativa do pontífice argentino no sentido de uma igreja mais aberta e inclusiva.

Papa Francisco durante celebração no Vaticano. 15/08/2015 REUTERS/Alessandro Bianchi

No ensinamento da Igreja, o aborto é um pecado tão grave que aquelas que o procuram ou realizam são excomungadas. Normalmente, somente sacerdotes e missionários designados podem perdoar abortos.

No entanto, de 8 de dezembro deste ano a 26 de novembro de 2016, durante um extraordinário Ano Santo ou “Jubileu” sobre o tema da misericórdia, anunciado pelo papa Francisco em março, todos os sacerdotes poderão perdoar o aborto, disse ele em uma carta publicada nesta terça-feira pelo Vaticano.

Na carta, Francisco descreveu o “calvário existencial e moral” enfrentado pelas mulheres que colocam fim a uma gravidez e disse que tinha conhecido muitas “que carregam em seus corações a cicatriz dessa decisão angustiante e dolorosa”.

Francisco é o primeiro papa não europeu em 1.300 anos e tem marcado seu pontificado pela tolerância em relação a temas tabu. Em uma observação que se tornou emblemática de seu papado, ele perguntou: “quem sou eu para julgar?”, no que diz respeito a uma pessoa homossexual que busque Deus.

O papa não demonstrou nenhuma intenção de mudar a oposição da Igreja em relação ao aborto, mas alarmou os conservadores ao adotar um tom menos forte sobre a questão do que seus antecessores.

“Esta não é de modo algum uma tentativa de minimizar a gravidade desse pecado, mas de ampliar a possibilidade de mostrar misericórdia”, disse o principal porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, a jornalistas.

O Ano Santo é um dos eventos mais importantes da Igreja Católica, um período em que católicos fazem peregrinações a Roma e outros locais religiosos em todo o mundo. O evento geralmente acontece a cada 25 anos, a menos que um papa decrete um Ano Santo extraordinário para chamar a atenção para um determinado tema ou necessidade. Será o 29º Ano Santo na história da tradição, que tem 700 anos.

Reportagem adicional de Philip Pullella

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below