September 3, 2015 / 10:50 AM / 3 years ago

Naufrágio na costa da Malásia deixa ao menos 14 imigrantes mortos

Por Trinna Leong

Refugiados esperando acesso ao prédio da ONU em Kuala Lumpur, na Malásia. 11/08/2015 REUTERS/Olivia Harris

KUALA LUMPUR (Reuters) - Um barco de madeira superlotado, supostamente com dezenas de imigrantes ilegais indonésios, afundou na costa da Malásia nesta quinta-feira, matando pelo menos 14 pessoas, sendo 13 mulheres, de acordo com autoridades marítimas.

O barco saiu de Sabak Bernam, no Estado de Selangor, na Malásia, e seguia para Sumatra, na Indonésia, quando o acidente aconteceu.

Muhammad Aliyas Hamdan, primeiro almirante da agência marítima da Malásia, disse que conversas iniciais com sobreviventes levam a acreditar que os passageiros eram da Indonésia.

“Se fossem legais, não iriam sair (do país) desta maneira”, disse Muhammad quando perguntado se as pessoas seriam imigrantes ilegais.

Quinze passageiros foram resgatados por pescadores, disse. Com base na descrição do barco, a agência estimou que havia cerca de 70 pessoas a bordo, acrescentou. Ele disse que a embarcação afundou por causa do sobrepeso e das condições climáticas ruins.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below