September 12, 2015 / 12:16 PM / 3 years ago

Arábia Saudita culpa ventos por queda de guindaste que matou 107 pessoas em Meca

DUBAI (Reuters) - A Arábia Saudita disse neste sábado que ventos de tempestades derrubaram o guindaste que desabou sobre um dos santuários mais sagrados do Islã em Meca e matou 107 pessoas na sexta-feira.

“A chuva pesada e fortes ventos de velocidade alta incomum arrancaram árvores e levaram à queda de painéis e do guindaste”, afirmou o general Suleiman al-Amr, diretor-geral da Autoridade de Defesa Civil, conforme reportou a TV saudita Al Arabiya TV neste sábado.

O número de mortes pode aumentar, disse al-Amr. Muitas das 238 pessoas feridas no acidente foram apenas levemente feridos, disse.

O governador de Meca, o príncipe Khaled al-Faisal, ordenou uma investigação sobre o incidente, disse Al Arabiya.

(Reportagem de Noah Browning e Omar Fahmy)

Tradução Redação São Paulo; +5511 5644-7764 REUTERS PAL

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below