14 de Setembro de 2015 / às 10:46 / 2 anos atrás

Premiê britânico visita refugiados sírios no Líbano

BEIRUTE (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, David Cameron, visitou refugiados sírios no Líbano nesta segunda-feira, uma semana depois de ter prometido que a Grã-Bretanha vai receber até 20 mil pessoas que estão atualmente em campos após terem fugido da guerra civil na Síria.

Primeiro-ministro britânico, David Cameron, em encontro com uma família refugiada síria no Líbano. 14/09/2015 REUTERS/Stefan Rousseau/Pool

Desde 2011, o conflito na Síria levou mais de 4 milhões de pessoas a fugir para campos de refugiados em países da região, como Turquia, Jordânia e Líbano, e muitas outras a atravessar o mar Mediterrâneo até a Europa.

O Líbano, que atualmente abriga bem mais de um milhão de sírios e onde uma em cada quatro pessoas é um refugiado, pediu que outros países compartilhem o fardo.

Cameron também está sob pressão de países europeus para receber mais refugiados para ajudar com a crise migratória, em que centenas de milhares de pessoas têm partido da Grécia via os Bálcãs e a Hungria a caminho da Europa Ocidental.

Ele disse que a Grã-Bretanha vai reassentar pessoas diretamente dos campos para desencorajar refugiados a viajarem em barcos perigosos rumo à Europa. Cameron visitou refugiados em um acampamento informal no Vale de Bekaa, onde muitos vivem sem eletricidade ou água potável.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below