14 de Setembro de 2015 / às 13:17 / 2 anos atrás

UE concorda com maior relocação de imigrantes, revela esboço

BRUXELAS (Reuters) - Ministros do Interior da União Europeia concordaram com a relocação de mais de 120 mil pessoas que buscam asilo no bloco, mas deixaram detalhes do esquema em aberto para discussão, de acordo com esboço do texto de conclusão de encontro marcado para esta segunda-feira.

Assim como a adoção de um projeto anterior para relocação de 40 mil pessoas que buscaram asilo na Itália e Grécia, o conselho ministerial vai, caso o esboço visto pela Reuters seja aprovado, aceitar a princípio uma proposta do Executivo da UE para redistribuir cerca de 120 mil pessoas.

Mas após a oposição a um sistema de cotas nacionais compulsórias, particularmente de Estados do leste europeu, os governos vão continuar a discutir como dividir as pessoas que buscam asilo no bloco, antes de um encontro ministerial em 8 de outubro.

“O Conselho se comprometeu em relocar um adicional de 120 mil pessoas em necessidade de proteção internacional de Estados membros expostos a grandes fluxos migratórios”, diz o esboço.

“Os número propostos pela Comissão constituem a base para um acordo sobre a distribuição das pessoas pela União Europeia. Os trabalhos serão realizados como uma medida de prioridade para a preparação de uma decisão formal para implementar este comprometimento, com o devido respeito à flexibilidade que pode ser necessária aos Estados membros na implementação da decisão, em particular na acomodação de desenvolvimento”, acrescentou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below